Escola Ana Maria Garrido recebe bandeira e hino nacional da FACESP



A A脟脙O FAZ PARTE DA CARTA DE GUARUJ脕 LAN脟ADA NO 16潞 CONGRESSO DA ENTIDADE

Edgar-Brito Gesley Cajamar

Representando a ACE Cajamar (Associa莽茫o Comercial e Empresarial de Cajamar), o presidente Edgar Brito visitou a Escola Estadual Professora Ana Maria Garrido Orlandin na quinta-feira (17) e entregou ao Professor Gesley de Oliveira Vice-Diretor da escola uma Bandeira e um CD com o Hino Nacional.

Esta a莽茫o faz parte de um movimento criado pela FACESP (Federa莽茫o das Associ莽茫o Comerciais do Estado de S茫o Paulo), intitulada como 鈥淐arta de Guaruj谩鈥, o texto lista 12 pontos considerados essenciais para que o povo brasileiro possa recuperar sua autoestima, e o Pa铆s volte ao caminho do desenvolvimento.

Entre os pontos elencados 茅 citado que 鈥渙 governo brasileiro tem que se comportar de acordo com a nossa realidade, coibindo o eterno festival de gastan莽a inconsequente鈥.
Ainda segundo a carta, o Brasil nunca precisou tanto de um choque de moralidade e gest茫o.

鈥淭emos que trabalhar pelo bem da p谩tria e da humanidade, mas infelizmente a corrup莽茫o tem corro铆do os princ铆pios de muitas pessoas. Essa a莽茫o 茅 um simb贸lica, e tamb茅m um marco para a reconstru莽茫o moral do Pa铆s, precisamos recuperar nossos valores鈥, comenta Edgar Brito.


鈥淒iante de um pa铆s dilacerado pela corrup莽茫o, muito me alegra receber tal presente dessa Federa莽茫o que h谩 anos presa pelo desenvolvimento do pa铆s. A recupera莽茫o do civismo e do patriotismo 茅 um dos objetivos principais da nossa institui莽茫o. Somente atrav茅s da Educa莽茫o, da Fam铆lia e de organiza莽玫es de pessoas de bons costumes 茅 que conseguiremos mostrar ao jovem a import芒ncia pelo amor filial, rever锚ncia pelas coisas sagradas, companheirismo e, sobretudo patriotismo鈥, disse o professor Gesley que agradeceu em nome da Diretora Gilda Ap. Pena Camelo pelo recebimento dos s铆mbolos nacionais.

"脡 uma grande honra ser o portador dessa a莽茫o na cidade de Cajamar e poder contribuir com o desenvolvimento social", finalizou Edgar Brito.

Leia na 铆ntegra a "Carta de Guaruj谩"

Carta de Guaruj谩

As Associa莽玫es Comerciais do Estado de S茫o Paulo, reunidas no 16潞 Congresso Estadual da FACESP-FEDERA脟脙O DAS ASSOCIA脟脮ES COMERCIAIS DO ESTADO DE S脙O PAULO, manifestam sua posi莽茫o sobre o momento atual do Pa铆s:

O Brasil amarga uma grave crise que n茫o 茅 s贸 econ么mica. 脡 tamb茅m pol铆tica e 茅tica, agravada pela falta de lideran莽a em todos os segmentos. A classe pol铆tica enfrenta o descr茅dito da popula莽茫o. Os 贸rg茫os governamentais e os servi莽os p煤blicos n茫o funcionam como deveriam. Os valores 茅ticos que deveriam nortear a conduta dos homens p煤blicos e dos empres谩rios s茫o manchados pela corrup莽茫o de alguns, que n茫o querem servir, mas se servirem do Brasil. O clima de impunidade assegura o sucesso dos neg贸cios escusos.

O Brasil nunca precisou tanto de um choque de moralidade e de gest茫o para despertar do perigoso caminho que est谩 nos levando para o abismo.

Elencamos algumas atitudes necess谩rias por parte dos homens p煤blicos, para que o povo brasileiro possa recuperar sua autoestima, e o pa铆s voltar ao caminho do desenvolvimento.

01 鈥 O Governo Brasileiro tem que se comportar de acordo com a nossa realidade, coibindo o eterno festival de gastan莽a inconsequente. Gastar menos e gastar melhor.

02 鈥 Os partidos pol铆ticos que se servem dos minist茅rios como moeda de troca t锚m que ser reduzidos ao m铆nimo necess谩rio para sustentar a democracia, o que exige uma reforma que leve n茫o apenas 脿 redu莽茫o de seu n煤mero, como assegure o respeito a seus programas.

03 鈥 O n煤mero de minist茅rios tem que ser reduzido a uma quantidade m铆nima para atingir a efic谩cia, ao inv茅s de servirem de cabide de empregos ou para barganha pol铆tica.

04 鈥 Os Governadores dos Estados t锚m que desenvolver a莽玫es para a coes茫o nacional, para que possa prevalecer o verdadeiro esp铆rito federativo.

05 鈥 O sistema eleitoral tem que ser revisto para conter o poder da m谩quina, t茫o coercitivo nas campanhas eleitorais, eliminando-se a viciada reelei莽茫o.

06 鈥 As estatais, autarquias e ag锚ncias reguladoras t锚m que ser controladas para n茫o se tornarem ag锚ncias de neg贸cios ou de concess茫o de privil茅gios.

07 鈥 O Senado, a C芒mara e as Assembleias t锚m que eliminar privil茅gios de seus representantes e reduzir seus custos, mirando nos exemplos da austeridade dos pa铆ses desenvolvidos.

08 鈥 O sistema representativo tem que passar por reengenharia saneadora, revendo a quantidade de senadores, deputados federais e estaduais e os vereadores devem integrar as C芒maras Municipais como presta莽茫o de servi莽os 脿 comunidade, absolutamente sem remunera莽茫o e mordomias.

09 鈥 Todas as divis玫es, subdivis玫es, ramifica莽玫es do Poder Judici谩rio t锚m que se afinar estritamente ao cumprimento da Lei, sem vantagens adicionais que possam representar privil茅gios.

10 鈥 O sistema da Previd锚ncia Social deve ser revisto, eliminando-se privil茅gios de grupos e assegurando a todos os aposentados uma retirada da vida profissional com dignidade e sem mis茅ria.

11 鈥 Os gastos p煤blicos em todas as esferas de governo tem que ser reduzidos. A gest茫o p煤blica tem que ser aprimorada com base na meritocracia e os investimentos devem ser estimulados atrav茅s de parcerias com o setor privado.

12 鈥 Deve-se rever a interven莽茫o governamental na atividade empresarial ao m铆nimo indispens谩vel. A burocracia deve ser radicalmente diminu铆da e a tributa莽茫o simplificada, reduzida e racionalizada.

Como conclus茫o, 茅 fundamental que se permita ao setor privado conduzir o Pa铆s ao desenvolvimento e 脿 sociedade brasileira comandar os destinos do Brasil, ao inv茅s de ser conduzida pelos pol铆ticos burocratas.

Guaruj谩, 05 de novembro de 2015

Congresso da FACESP

ACE - Associação Comercial e Empresarial de Cajamar
Rua Oswaldo de Lorenzi, 192 - Jordanésia / Cajamar - SP
Telefone: (11) 4447 4091 - E-mail: contato@acecajamar.com.br
Siga a ACE
www.acecajamar.com.br - todos os direitos reservados